terça-feira, março 28, 2006
você sabe beijar?
Entrei na listinha de um amigo como o segundo melhor beijo que ele já deu [até o dia em que conversamos e eu acreditei]. Senti-me muito lisonjeada e espero que a lista dele seja interminável, afinal ele pode ser um santo daqueles que beija esporadicamente e beijou cinco pessoas na vida [ele disse que a maioria não sabia beijar].
E aí, entre várias latinhas de cervejas, engatamos uma discussão sobre beijo. Ele foi categórico ao afirmar:

- Dê, as pessoas não sabem beijar.

- Como não?

- Não sabem. Difícil dar um beijo bom.

Eu já reclamei um bocado dos beijos atuais. As pessoas estão cada vez mais reguladas. Beijar com língua muitas vezes pode ser um ato frustrado, porque há pessoas que simplesmente engolem suas próprias línguas e se entregam em beijos cinematográficos [leia-se técnico]. Quando você reclama e com muito charme diz que tudo que quer é brincar com a língua alheia, você percebe que fulano não sabe exatamente o que fazer com ela. É, não sei como esse pessoal aprendeu a beijar, mas na minha época diziam que o tal beijo na boca incluía língua que roçava na outra língua e também rolava uma sucção. Achei tudo muito estranho no início, mas aderi à prática e virei beijoqueira de plantão. Há também seres que são donos de línguas duras. Não sei se isso é alguma tensão na hora do beijo, mas enfim, língua dura não dá. Fisioterapia nela.

Meu amigo disse que já se deparou com muita língua dura e regulada, inclusive no atual relacionamento dele parece que a língua não era lá muito generosa. Então, muito pacientemente, foi direcionando o beijo de acordo com o gosto dele e parece que funcionou. Isso é um ótimo sinal, porque independente da idade qualquer um pode melhorar nesse quesito.

Também não gosto dos que acham que beijar é morder a boca. Mordidinhas são bem vindas, mas também na dose certa. Beijar mordendo deve fazer parte de uma categoria que desconheço. Beijo carnívoro?

Eu já tive que reaprender a beijar. Depois de ter me deparado com uma cirurgia traumática na minha boca, as coisas ficaram meio travadas. A boca abria menos, os movimentos eram menos flexíveis e até a língua se intimidou. Até o primeiro beijo foram três meses e foi um fiasco. O mocinho não era lá um grande beijador e eu tinha pânico de até onde eu poderia ir, já que tudo parecia novo para mim. Imaginem desaprender a usar a boca? De repente você tem uma boca nova e não sabe muito bem o que fazer com ela.

Enfim, a gente reaprende. Eu reaprendi, mas acho mesmo que levei um tempo até voltar a saber beijar e deixar minha boca e língua mais dinâmica. Acho que ela abre menos do que outrora, mas isso parece não ter influenciado muito na minha vida [só se eu tiver que morder um lanche de três metros de altura].

Beijo é bom e acho que deveria ser praticado com mais entrega, porque generosidade é tudo em um beijo. E nada de baba, porque essa coisa de beijo molhado também é mito.

Postado por Desiree às 5:38 PM |



12 Comments:
Blogger Ota escreveu...

Isso me lembra aquelas teorias para a prática do beijo de lingua: tirar todo o requeijão da tampa com a ponta da língua ou tentar pegar com a lingua uma azeitona mergulhada num pote d'água.

mas realmente, as pessoas não sabem mais beijar, vejo muito esse mesmo problema.

6:28 PM  
Blogger Edward Bloom escreveu...

É verdade. Eu mesmo sou uma negação nessa coisa aí de beijar. Ou, como você diz, um daqueles santos que beijam esporadicamente.

6:47 PM  
Blogger bzfaz escreveu...

eu sempre axei que naum beijo bem mas meu namorado diz que isso naum importa muito..molhado???naum sei as vezes mito vira realidade...jah peguei varios banhos...(risos)
agora sinceramente acho que beijar seja uma arte que poucos sabem exercê-la...lingua presa é um absurdo, mas se você quiser pode tentar e aos poucos soltando-a...gelo as vezes ajuda....ou não...
.
.
.
beijos...

9:16 PM  
Anonymous The Mailman escreveu...

Realmente beijo é mais que sexo é o começo e o fim da relação.
Então talvez o teu melhor beijo seja aquele que foi dado com amor.

9:18 PM  
Anonymous Ninja escreveu...

Ótimo texto!
Gostei muito mesmo! Parabéns!

Quando tiver post novo, to de volta pra ler!
:D

11:09 PM  
Anonymous eduardo escreveu...

texto atrevido, divino.

http://oliveira-freire.blog.uol.com.br

http://cartasintimas.zip.net

1:26 AM  
Anonymous guetoblaster escreveu...

ela só quer beijar
ela só quer dançar
então mister dj bota chapa quente !

10:12 AM  
Blogger PeXe escreveu...

Realmente está difícil achar meninas que saibam beijar, ou então eu ando frequentando péssimos ambientes no quesito língua, na realidade não consigo me lembrar a última vez que pude sentir e "brincar" com uma outra língua.. pera, lembro sim, na verade a língua acho que entendeu que a brincadeira era fingir de morto -.-

11:05 AM  
Anonymous felipe luiz escreveu...

Beijo bom é aquele que bóia numa música. Música almenta minha saliva; comum me babar quando estou tocando ou ouvindo. Mas tem que ser música boa pra engranagen não brecar por falta de óleo! hehe, boa "desiree"

11:14 PM  
Anonymous f l escreveu...

aumenta, hehe

11:14 PM  
Anonymous Anônimo escreveu...

acho que as pessoas hj em dia so estao preocupadas com o seu prazer e n se entregam na hora do beijo n pensam no outro tornou-se td mt mecanico, sem emoçao...pelo menos dos rapazes que beijo e isto SEMPREEE que acontece. que se passa com o mundo?? os beijos que deveriam ser o passe para o paraiso estao-se a revelar uma enorma desilusao e a culpa n e deles..mas das pessoas..adorei o que escreveu parabens=D

3:51 PM  
Anonymous Nessinha escreveu...

Gostei do texto... estava fazendo pesquisas sobre o assunto e o seu texto me exclareceu algumas coisas... e axo que a maioria dos beijos pra darem certo é preciso que eles sejam dados com amor e ninguém melhor para dizer isso do que a própria pessoa beijada... tinha dúvidas sobre se beijava bem ou não... mas no perfil de "lingua dura" e "beijo molhado" esses aí graças à Deus eu não me encaixo... kkkkkkk valeu!!! Obg...

3:27 PM  

Postar um comentário

<< Home