sexta-feira, março 17, 2006
vidência e fugas

O melhor papo da semana foi sobre vidência. Uma amiga está numa fase de total desconsolo. Geralmente quando um namoro termina, temos a nítida sensação de que a vida vai junto. Ontem reapareceu no meu quarto minha bíblia do amor escrita pelo divertido Allain de Botton: Ensaios de Amor. Ele não trata neste livro o amor eterno como alguns esperam que seja um ensaio sobre amor. É a história que começa de forma inusitada, passa por todas as fases de um namoro e quando menos se espera, ela termina. E o mundo rui. E a gente chora. E pensamos que o melhor é morrer. E planejamos nossa morte. E então conhecemos uma nova pessoa.

Sei que não é tão simples assim, mas é quase assim. Há exceções, mas a maioria se encaixa muito no perfil que ele desfia no decorrer do livro. Eu me identifiquei várias vezes e ri das minhas bobagens. Minha amiga está justamente nessa fase. Não pensou em se matar. Ficou triste, chorou muito, não quis ver ninguém, tem preguiça de sair e não pára de falar dele, mesmo que seja mal. E a gente ouve. Nessas horas não há muito que dizer. Apenas ouvir. Eu não sou muito boa nessas horas. Acho tudo dramático demais, por isso que quando terminei meu namoro e sofri como louca, eu preferi guardar para mim. De vez em quando eu choramingava um pouco de saudades no colo de um amigo, mas isso foi raro. Claro que meu ex vive vindo à tona em minhas conversas, pois há muitas coisas que me faz lembrar dele, mas é sempre sem chorumelas.

Recorremos às mais diversas simpatias e alternativas que fazem a gente ter alguma esperança, nem que seja de um novo amor pintando aí na frente. Minha amiga, que está nesta fase, anda buscando tais alternativas. Deram a ela o contato de uma vidente considerada muito boa. O custo era R$ 60,00 e quando ela ligou, a mulher não tinha horário. Diante da voz decepcionada e desesperada da minha amiga, a vidente repensou e a encaixou no mesmo dia. A consulta durou 4 horas e a vidente falou o que ela queria e não queria ouvir. Como o que ela não queria ouvir foi a maior parte da conversa, ela resolveu marcar uma outra vidente devido à chance desta primeira vidente ter errado nas previsões feitas em quatro horas de consulta. A segunda custa R$ 35,00, falaram para ela que a mulher é genial, mas a consulta tem a duração exata de uma hora. Ela vai lá ou já foi não sei.

O divertido foi que na primeira vez que ela contou tal odisséia, era para ser um segredo. O problema é que vidência é algo que atrai a maioria, por mais descrentes que somos. O assunto se espalhou, todas quiseram saber detalhes e o telefone para marcar uma consulta. É como a astrologia. Não acreditamos, mas sempre lemos em busca de algo que nos conforte ou anime. Eu também me animei em ir, mas sei que vou enrolar e não vou, pois vou lembrar que com essa grana eu compro algo nas liquidações de verão que estão começando. Quando estou mal, a grande saída são as liquidações, que me deixam tão feliz.

--> E uma dica: para quem gosta de rock, eu tenho uns amigos que me convidaram para uma festinha bem rock´n roll lá no Bar 8 no próximo domingo a partir das 19h. Nada como rock para driblar o tédio. Provavelmente darei uma passadinha por lá.

Postado por Desiree às 7:28 PM |



3 Comments:
Anonymous guetoblaster escreveu...

a melhor historia de videntes pra min fica com o jornal do brasil e o primeiro ensaio da luma de oliveira pelada na revista. que um reporte gozador resolveu ir na vidente destas que promtem mundo e fundos.
ela olhou leu e falou até que o golpeou co as palavras magicas. diz o nome da maldita que te deixa assim.
e ele Luma.
e ele se conectando com o ar superior
ela fez café com a sua cueca e mandou te amarrar no poste. pra te liberar precisa fazer um serviço.
e ele com um riso sinico completou
_ pela luma querida nós sofremos quietinho amarrados em qualquer poste.
e vamos em frente !!!

8:24 PM  
Blogger Serjones escreveu...

São tantos assuntos que gostaria de comentar nesse post... porra, curti esse livro que vc falou! Deve ser bem legal... eu adoro livros sobre comportamento homem x mulher.
Bem, sobre videntes, mesmo não acreditando, eu tenho um certo pavor de ir e ouvir o que não quero. Mas eu nunca iria, pois não faz a minha cabeça mexer com essas coisas! hahaha

11:21 AM  
Anonymous Felipe Luiz escreveu...

porra, todo mudno ta nesta de astrologia! hehehe eu tava observando aqui no estrala guia! hahaha bjos

1:42 PM  

Postar um comentário

<< Home