segunda-feira, março 13, 2006
sexo oral e tempo-ritmo
Hoje conversando com um amigo no msn surgiu uma rápida conversa sobre sexo oral [que rendeu ótimas risadas como sempre]. Lembrei-me que quando ouvi a expressão pela primeira vez [ou que ela me chamou atenção] eu já tinha idade suficiente para tal prática, mas a minha santa ignorância fez eu achar que sexo oral era quando as pessoas falavam sobre sexo.

Um dia, lá pelos quinze anos [vejam o atraso], eu criei coragem e perguntei para a garota mais saidinha da classe o que era o tal do sexo oral, já que depois de ter ouvido pela primeira vez, ouvi também que era nojento, então comecei a desconfiar que era algo muito além das palavras.

Quando ela me contou, eu fiquei boquiaberta. Primeiro com a minha ignorância de fato, segundo com minha santa inocência e terceiro com minha aversão ao fato, afinal como alguém poderia colocar "aquilo" na boca?

O tempo passou, eu entendi finalmente como funcionava o ato, tomei coragem e enfrentei. É, no início nem foi tão ruim assim, mas enfim, não foi algo que eu quis de novo. Cheia de tabus e tremeliques eu achei que nem era para mim. Enfim... como tudo na vida, a gente acaba mudando de idéia.

Sempre que estou numa roda em que o tema é sexo, o sexo oral vem à tona. Nada tem águas divisórias tão nítidas como ele [quer dizer, até tem, mas o assunto é mais "profundo" e eu não vou falar sobre ele]. Uns gostam, uns acham mais ou menos, outros odeiam e uns amam. Tem também os que curtem mais fazer e os que preferem que façam neles.

O tal do 69 então, eu nem vou comentar muito, pois acho tal prática muito difícil e eu não tenho coordenação motora para isso. Ou um ou outro, os dois não dá. Haja concentração! Admiro os que confessam que é fácil, mas são poucos. Às vezes acho até que é mito.

No último bate-papo a respeito, a conclusão que chegamos é que poucos sabem [ou querem] fazer. Definitivamente trabalhar a velocidade é algo que a humanidade parece ter muita dificuldade. Exige um bocado de coordenação, porque como aprendemos no teatro, "tempo-ritmo" é o que pode determinar o sucesso de uma peça e aqui não é diferente.

--> na vitrolinha "we are scientists"

Postado por Desiree às 11:00 PM |



15 Comments:
Anonymous Randall escreveu...

Sou um fã entusiasta do 69, e também daquela famosa piadinha que é como um apartamento na Paulista. E esse tipo de papo no MSN é fantástico, além de extremamente didático.

12:26 AM  
Blogger Ota escreveu...

eu sou averso ao 69. para mim continua sendo a maior paia da história do sexo. impossível fazer direito e sentir direito.

ps: vc tbem aderiu às letrinhas tortas de verificação? tsc tsc tsc

11:32 AM  
Anonymous guetoblaster escreveu...

bom sabio o homem pre prefere sexooral a sexo anal !
afinal de hora em hora é melhor do que de ano em ano.
69 é legal só precisa um pouco de coordenação !!! to nessa.
agora vc já ouviu falar do 120 !!!!!

5:23 PM  
Anonymous Viajante escreveu...

Ao invés do 69, prefiro fazer o sexo oral na minha parceira e depois ela em mim, ou vice-versa hahaha!! é mais eficiente.
Beijos!

6:00 PM  
Blogger Ota escreveu...

120????

11:49 AM  
Anonymous guetoblaster escreveu...

120 amigo ota !!!

1:15 PM  
Blogger Fonseca escreveu...

O 120 é o 69 com uma garrafa de 51 do lado.

2:12 PM  
Blogger Desiree escreveu...

hahahahaha... esse eu nunca tinha ouvido falar.... mas funciona mesmo esse 120???

5:17 PM  
Anonymous Bernardo Deluxe escreveu...

hahaha amei! Po, nem zoa... e eu que pensava que boquete era o mesmo que punheta e quando com 14 anos disse para uns meninos no clube que eu já tinha pagado boquete? Acho que foi a maior humilhação da minha vida. Só saber o que era boquete mais tarde...

7:03 PM  
Anonymous karla noara escreveu...

Amiga, toh com uma garrafa de 51 aqui,rsrsrs
Só se for assim mesmo...
Ainda acho que o segredo é a respiração,rsrs.
Bjos, ah, amanha é quinta¬¬

2:55 AM  
Blogger Ota escreveu...

que otimo, cada um pagando um mico à sua maneira. eu acho q ja na minha mais tenra idade ja sabia do que se tratava. Cinema brasileiro também é cultura, minha gente.

e eu não gosto de 69, muito menos de 51... será que vou acabar no 0 x 0?

5:01 PM  
Blogger Fonseca escreveu...

Sei lá se o tal de 120 funciona... Se o 69 sem cachaça já é difícil, imagina COM!

7:28 PM  
Anonymous neto escreveu...

69,51,120,240... q importa?
O melhor mesmo é o tempo-ritmo e a agilidade motora.
E eu tô em forma viu gente!...

Parabéns! primeira vez aqui e gostei dos seus posts!
Li tudo o q pude...
Adorei o espaço. Vou voltar outras vezes... rsrsr
bjos.

8:48 PM  
Blogger Desiree escreveu...

ontem um amigo finalmente me explicou o que é esse tal 120... to fora... primeiro pq 69 não funciona comigo e segundo porque eu não tomo destilados, porque sofro de amnésia! é, eu não compreendido o 69 + 51... hahahahahahahaha... às vezes sou burrinha demais! sorte que melhoro

11:46 AM  
Anonymous Anônimo escreveu...

E a piada do prédio na Paulista? alguém vai contar?? fiquei curioso!

Eu sempre pratiquei o 69 .. mas concordo q eh a maior páia da história, difícil de fazer e de sentir.

Credo, 51, q nojo!! só de pensar no bafo .. urgh ...

2:55 AM  

Postar um comentário

<< Home