quinta-feira, janeiro 12, 2006
operação especial
Estávamos saindo do restaurante quando ouvimos uma batida de carro. Deu aquela curiosidade mórbida, mas seguimos devagar fingindo não querer saber o que aconteceu. Antes da batida, tínhamos ouvido uma sirene, o que fez acharmos que o carro foi desviar da viatura e bateu. Que azar! É sempre um grande azar bater o carro. Eu já bati algumas vezes.

Quando chegamos no local do acidente, vimos o carro batido [tinha entrado num poste de placa de trânsito] e na frente uma viatura. Pasmem! A viatura era UTI Veterinária. Eu nunca vi isso na vida e me senti por alguns momentos em outro país que não o nosso.

Da viatura saíram dois caras gigantes, com óculos escuros, cabeças raspadas e macacão verde. Naquele momento eu pensei, mas só um pouquinho, de ter sido a azaruda que bateu o carro, pois ser atendida pelos dois bonitões era sim uma grande sorte.

Achei tudo tão hollywoodyano. Até a vespa que nasceu hoje era canadense. Um luxo! E o vôo dela foi emocionante... nunca gostei de vespa, agora gosto delas. E também gosto da UTI veterinária. Será que se eu jogar meu gato do primeiro andar, eles vão socorrê-lo??

Vou ouvir Clap Your Hands Say Yeah! Ultimamente nada tem me feito tão feliz.

Postado por Desiree às 4:33 PM |



1 Comments:
Anonymous Bernardo Deluxe escreveu...

Eles atendem porco verde fosforescente?

1:40 AM  

Postar um comentário

<< Home