quinta-feira, fevereiro 23, 2006
síndrome calça jeans
Fui a uma festa ontem e fui derrubada por três cervejas e risadas que me contorceram. Quarta-feira é um bom dia para dormir cedo, mas eu não consegui mesmo após horas pulando no Morumbi.

Enquanto eu dançava, me dei conta de que não há nada tão sexy quanto uma calça jeans. O melhor é que é possível descobrir se uma pessoa tem bom gosto só pelo modelão do jeans escolhido.

Percebi que não conseguia mais parar de reparar nas calças jeans alheias. O lugar, frequentado por modernos plantonistas, estava recheado de belas escolhas. As melhores são as dos gays. Eles sempre tem bom gosto. Incrível. Tá no gene?

- Seth, calça jeans é genial, não acha?

- Ahn?

- Não há nada tão sexy como uma calça jeans. Olhe em volta.

- Ahn?

Eu estava com uma muito bonita ontem. Escura, cintura baixa, justa e reta. Zara. Eles sabem fazer calça jeans. Sorri diante da constatação de que eu fazia parte das pessoas de bom gosto [claro que sob meu próprio olhar, o que é por si só muito suspeito]. Reparei também na calça do meu amigo. Ele tem muitas calças jeans bonitas. Gay. Ele não erra. Quer dizer, tem uma calça jeans que quando ele usa me incomoda um pouco. Parece ter sido trazida de outra fase da vida dele que não a atual. Talvez eu comente isso com ele.

Eu tenho umas horríveis no armário. Já contei mais de 60 calças jeans, mas doei mais da metade por acreditar que a maioria delas foi comprada em um momento de pura compulsão, o que me deixa sem muitos critérios. Atualmente devo ter 30 calças jeans, porém há apenas 4 que uso com regularidade e vou alternando. Tenho muitas calças de alfaiataria, mas não consigo mais usa-las.

Calça jeans rebola, chama, flerta. Calça jeans é realmente muito sexy e a invenção mais genial depois da pílula anticoncepcional. Se eu pudesse eu só compraria calça jeans.

O divertido é lembrar do modelão semi-bag e de cintura alta [agora retirada do baú pelo Hercovitch]. Eu achava o máximo e hoje quando vejo minhas fotos, eu desmaio diante do terror estético da época. Um dia desses eu experimentei uma cintua alta no
Herchcovitch. Linda! Mas como eu tenho forma de jacu [perna maior que o tronco] ela não ficou nada simpática no meu corpo. Ri muito enquanto olhava para o espelho. Desisti da compra, que seria realizada em memória aos meus passados 15 anos.

Aliás, eu acho que o
Herchcovitch faz calça jeans como ninguém. Sempre que estou enfiada em uma, alguém comenta de como fico bem na tal calça. Ele até saiu na Vogue americana de dezembro entre as calças jeans mais descoladas do planeta. O cara merece! A Diesel, Miss Sixty, Forum e a Levi´s também fazem calças jeans lindas, mas não tenho dinheiros para compra-las. Já as calça da Ellus não caem nada bem em mim.

Ontem teve um moço que achei bonitinho, mas ao perceber a calça jeans que ele usava, eu desisti de olha-lo, pois ontem a calça jeans fazia parte do meu critério de escolha. Divaguei muito sobre a calça jeans com o Seth e até os prazeres que ela já me proporcionou [que eu não ouso contar aqui]. Cada calça jeans do meu armário tem uma história boa para contar.

Não gosto das manchadas, não gosto das que tem bordados, das que tem boca larga, das que tem cintura normal em alguém que é jacu como eu [que só posso usar cintura baixa para parecer uma tradicional], das que parecem semi-bag, das claras demais.

A minha última aquisição foi uma justíssima, linda, cintura baixíssima, mas que é quase necessário passar manteiga para ela entrar. Dou aquela rebolada e ela sobe e fica perfeita. Não é pretensão, mas minha paixão por calça jeans faz com que elas quase sempre fiquem boas em mim. Nasci para a calça jeans.

Postado por Desiree às 3:06 AM |



6 Comments:
Blogger Paulo F. escreveu...

As minhas são azul escuro adquiridas na C&A e não trocadas por nenhum outro tipo desse mundo.

5:06 PM  
Blogger Ota escreveu...

Calça jeans é a democracia máxima.
Eu tenho um monte, mas tenho vontade de jogar metade fora. Falta coragem, ou substituição...
huahauahuahuahauh

5:16 PM  
Blogger Ronzi escreveu...

Calças Jeans são legais eu gosto da Khelf particularmente e da Levi's.

6:16 PM  
Anonymous guetoblaster escreveu...

a coisa mais bizara que eu vi com calça jeans foi uma moça com deitada em um sofá na loja com duas atendentes puxando a calça jeans pra entrar.
bom eu fiquei olhando a "operation fit me in" deflegrada pelas 3 criaturas que puxavam, empurravam encolhiam e pediam a Deus (sim até ele entrou na parada) para poder entrar.
bom acho que estraguei uma compra. pois quando me descobriram a apreciar a cena todas as 3 queria sumir em fumaça.
principalmente a moça deitada de calcinha branca com um jeans pela metade das coxas largada languida no sofá por duas atendentes que fugiram como ladrões na noite a se esconder.
mas isto foi antes ! antes das digitias onipresente.

6:22 PM  
Blogger André escreveu...

e eu to curioso pra te ver em uma dessas azuizinhas... vc fala de um jeito q nao tem como nao querer! =P

2:27 AM  
Blogger Fonseca escreveu...

Já escrevi uma (pobre) crônica sobre os novos modelos de calças "para jovens". O tal do gancho (aqui no RS chama-se "gancho". Não sei se é chamado assim em todo o lugar) da calça é BEEEEEEEEEM pra cima, fazendo que os testículos QUASE ENTREM no corpo. Só pode ser controle de natalidade. Esses estilistas querem nos deixar estéreis.

Portanto, só compro calça jeans em "lojas para velhos".

1:49 AM  

Postar um comentário

<< Home