terça-feira, agosto 28, 2007
Ato falho
Hoje ouvi a história mais engraçada dos últimos tempos. O namorado de uma amiga foi viajar e ficou quinze dias fora. Ontem, ela já subindo pelas paredes, não resistiu em se satisfazer com um pinto de borracha esquecido em uma de suas gavetas.

Lavou o pinto, enfiou uma camisinha nele e mandou bala, afinal era muita tensão acumulada que a fez não agüentar a chegada do namorado na mesma noite. Apagou na seqüência do ato. Quando acordou, ele já estava para chegar. Ela foi para o banho, lavou o pinto, o corpo, os rastros, jogou a embalagem da camisinha fora e ficou na expectativa de mais momentos tórridos de sexo, mas desta vez a dois.

Ele apareceu, mataram as saudades virando uma garrafa de vinho e quando finalmente as coisas esquentaram, ela o arrastou para o seu quarto. E já na cama, em algum momento, ele parou, enterrou a cabeça no travesseiro e fechou a cara. Ela não entendendo nada, começou a pressiona-lo para que falasse, mas ele apenas disse que precisava fumar um cigarro, levantou da cama e saiu do quarto. Ela o seguiu. Depois de muita insistência ele perguntou se ela tinha ficado com alguém e ela jurou que não, afinal não tinha ficado mesmo e nem sabia o porquê da pergunta. Finalmente ele pediu que ela retornasse ao quarto e olhasse a cama.

Mesmo sem entender nada, lá foi ela e não encontrou nada que respondesse sua pergunta. Retornou ã sala e ele bufando pediu para ela voltar e olhar direito. Aí puxou o lençol e deu de cara com a camisinha. Desatou a rir ao mesmo tempo que não entendia o que a camisinha estava fazendo ali, pois jurava ter jogado no lixo.

Foi para a sala com a camisinha na mão e disse:

- É, eu transei com meu pinto de borracha.

Obviamente rolou um stress até ela convence-lo de que não tinha transado com outro cara ao mesmo tempo que estava intrigada pela camisinha estar ali. Entre suas bebedeiras ela até cogitou ter transado com alguém e ter esquecido (ahn?), mas foi aí que ela lembrou de ter jogado apenas a embalagem se esquecendo por completo da camisinha.

Eu só não sei se o pior foi ter tido um stress por causa de um lapso com um pinto de borracha ou se foi o fato dela ainda ter ficado preocupada por de fato ter transado com alguém e não se lembrar.

Deus nos livrais do álcool!

Postado por Desiree às 1:28 PM |



5 Comments:
Anonymous Gabe escreveu...

Hahahahahah, deusulivri. Que história mais bizarra.

11:40 PM  
Anonymous Dorothy escreveu...

Só nao entendi uma coisa... Pra transar com pinto de borracha precisa usar camisinha? O pinto vai te transmitir alguma doença ou vai te deixar grávida? Como assim???

9:00 AM  
Blogger Alexandre escreveu...

kkkkk, como diz uma das minhas irmãs... que situation!!!

8:07 PM  
Anonymous Cris escreveu...

Olha, espero que o namorado dela não seja machista, senão até transar com um pênis de borracha pode ser considerado traição!

5:14 PM  
Blogger Cris escreveu...

Cris
asesforcadas.blogspot.com

5:19 PM  

Postar um comentário

<< Home