domingo, setembro 30, 2007
Questão de peito
Se tem algo que lhe faltou na vida foi peito. A comissão de frente sempre foi bem modesta e sempre abusou de artifícios para se sobressair de alguma maneira. Mesmo com ícones despeitadas como Kate Moss e Cameron Diaz, nunca achou atraente de fato seus pequenos seios e passou parte da vida pensando em aumentá-los, mas sempre adiou.

Algumas vezes assume que tirou proveito disso, mas foram pouquíssimas vezes. Felizmente inventaram o un bra, para salvá-la em algumas ocasiões em que para compor um figurino perfeito eram necessários mais mls do que ela possuía e foi deles que se armou para ir a uma festa na última sexta-feira.

Lá foi ela, desta vez não muito confortável, com seus peitos artificiais. O desconforto era porque a cola já não estava num nível muito bom de eficiência, mas não tinha outro jeito caso insistisse na roupa escolhida, que não só não permitia usar sutiã quanto não ficava bom para uma frente despeitada. Queria apenas ficar mais sexy.

Já na pista de dança se deparou com um desfile de silicone de todos os tipos. Eram todos perceptíveis, tanto que voltou a rejeitar a mesa de cirurgia. A pessoa que mais fazia sucesso na pista era sua amiga que está prestes a tirar quase 500ml de cada lado. Sentiu inveja.

A noite agitada exigiu muito de si e a cola, que não era suficiente, começou a dar trabalho e se deu conta que o melhor era se livrar da artificialidade e assumir de vez sua versão tábua. Até então, num lugar em que corpo perfeito e turbinado era a principal atração da noite, conseguiu alguns olhares, que sumiram tão logo retornou do banheiro desfeita de seus peitões, mas não se importou muito, já sabia que não fazia parte do target local.

Obviamente no dia seguinte percorreu a Av. Paulista atrás de novas turbinas e por R$ 20,00 já se armou para a próxima, mas agora volta a cogitar a mesa de cirurgia para deixar a vida mais prática.

Postado por Desiree às 2:41 PM |



6 Comments:
Blogger Chi Qo escreveu...

Pessoalmente...

Prefiro coisas pequenas e naturais a próteses enormes!

E também não acho peitos enormes tão interessantes... Prefiro algo proporcional ao tamanho da pessoa.

9:26 AM  
Blogger Juliana A.B.F. escreveu...

Chi qo falou e disse.

4:42 PM  
Anonymous Monica escreveu...

Eu tenho o unbra, mas meu namorado odeia ;~
Portanto, eu fico feliz com meus peitinhos!

3:13 PM  
Blogger Mariana escreveu...

eu tenho demais. queria ter de menos.

1:13 PM  
Blogger Gisele escreveu...

ooo menina, que legal seu blog... tantas coisas q passam pela minha cabeça e que vc escreve tao bem...
vou visitar sempre!
bjos

10:15 PM  
Blogger Manuela escreveu...

fudido seu blog!
conheci pela marisa ;-)
também vou voltar varias vezes
manu

11:21 AM  

Postar um comentário

<< Home