quinta-feira, abril 27, 2006
os que não retornam
Uma das coisas que mais me irrita nos homens é a falta de retorno quando ele cria expectativa que dará um. Se rola alguma coisa com alguém e esse alguém pede meu telefone, email, blá, blá, blá, eu vou achar que ele vai dar as caras novamente.

Claro, geralmente não dá. Até amigos quando resolvem partir para o ataque para cima de você, costumam sumir por dias para não ter que lidar com a situação, se é que há uma.Não sei lidar com sumiços, por isso prefiro não dar mais meu telefone, email ou qualquer outra coisa. Dou apenas um sinal de como posso ser achada [facilmente] na internet. Alguns me dão seus respectivos telefones e assim como eles, eu posso ligar ou não.

Por isso não peçam contatos caso não haja qualquer interesse em fazê-lo posteriormente. Apenas curtam a noite e bye-bye.

Uma amiga quase chorou diante do computador quando seu quase pretê negou um convite para ser amigo dela no orkut. Achei uma grosseria enorme. Ele foi na casa dela, a encheu de elogios e disse que ligaria para ela na segunda-feira, quando ela estaria voltando de viagem. Como ela não ficou em casa, no dia seguinte viu a foto dele no orkut de uma amiga e resolveu adiciona-lo. Ele negou!

Não precisam chegar a tanto, afinal estar no orkut um do outro não quer dizer muita coisa. Ele pode ter seus motivos por não ter ligado ou até ligou e ela não estava, mas clicar em "não" quero ser seu amigo, quando a maioria das pessoas adicionam umas às outras sem ao menos terem se cruzado uma vez na vida é algo que não entendo.

Nesta minha mania de não trocar contatos, eu lembrei que tenho uma mala na minha casa, que na euforia foi deixada lá e esquecemos de trocar contatos. Gritei meu email da janela do meu carro, enquanto ele corria para não perder o vôo.

Se eles geralmente não ligam, será que neste caso, eles voltam?

"Emily, can't you see
There's nothing you can do?
There's loving everywhere
But none for you...

Her roses are fading now
She keeps her pride somehow
That's all she has protecting her from pain"


--> não consigo parar de cantar essa música junto com o The Zombies

Postado por Desiree às 11:43 AM |



17 Comments:
Blogger Edward Bloom escreveu...

Homem deve ser uma coisa muito triste mesmo. Eu mesmo vivo apertando o "não" para as pessoas que batem na minha porta. Deve ser mal de filho único.

12:20 PM  
Blogger bzfaz escreveu...

homem eh uma coisa que naum presta..mas sinceramente...eles fazem parte de nossas vidas, certo???
bora balançar....hauhauhauhauahuhu

12:28 PM  
Blogger Desiree escreveu...

prestando ou não prestando, eu adoro! é só fazer como todo o restante: não levar a sério demais!

3:08 PM  
Blogger nadja soares escreveu...

é essa a grande lição!
não levar a sério.
é um mantra a ser dito o tempo todo:
não levar os homens a serio,
não levar os homens a serio,
não levar os homens a serio.
rs.
muito bom o post.

4:51 PM  
Blogger Ethan escreveu...

Tava lendo o seu ultimo post e me identifiquei com alguns pontos. Quer ser minha terapeuta? Nunca visitei uma (ate porque acho que nao adiantaria nada), mas as vezes tenho pesadelos com isso. Meu caso é complexo :~

8:10 PM  
Blogger Ethan escreveu...

*se referindo ao não cobiçar a mulher do próximo*

8:11 PM  
Anonymous théo escreveu...

Eu devo ser levado a sério. Eu costumo inventar a desculpa que os créditos do meu celular acabaram, sabe? Pelo menos eu dou uma desculpa.

Rá! Sabia que ninguém ia acreditar nessa.

8:35 PM  
Blogger Desiree escreveu...

não dê desculpas! apenas não peça o telefone... é tão mais fácil! hehehehehehe... ou será que o telefone é para aquele sábado chuvoso em que tudo parece perdido e aí é só buscar na agenda por alguém que pode dar uma melhorada no dia? hehehehe

9:55 PM  
Anonymous Tiago escreveu...

Sabe q esse negócio de esquecer propositalmente algum objeto na casa de alguém é algo mt útil?

Talvez alguns homens n liguem por receio de levar um não.. vai saber?

Vc fuçou no meu orkut? Quero fuçar no seu tb! :F

11:50 AM  
Blogger Serjones escreveu...

Nesse contexto, cabe ao homem ter um diferencial e ligar no dia seguinte...

1:22 PM  
Anonymous Ela escreveu...

Pode parecer uma frase muito profunda, mas
"Tudo que amo deixo solto, se voltar é que conquistei, se não é porque jamais possui "...e quanto a te procurar na internet ou te achar se tiver vontade, lembre-se
"Quem quer dá um jeito, quem não quer dá uma desculpa"...

2:58 PM  
Blogger Inagaki escreveu...

Putz, eu preciso admitir que sou um cara grosseiro.

3:24 PM  
Blogger Marco Santos escreveu...

Eu achava que esse negócio de "me liga!" era coisa só de carioca... Pelo visto, é coisa de brasileiro! Uma amiga norte-americana me disse uma vez que não entendia essa maneira de ser, ou seja, se despedir dizendo "tchau, te ligo!" e não ligar.
Mas do jeito que você escreveu o caso ficou instigante. Tenha um ótimo final de semana!

8:35 PM  
Blogger Marjorie escreveu...

A-DO-REI oseu blog, moça! Deixa Carrie Bradshaw no chinelo.

E acho que a questão é a seguinte: quando a gente fica plantada ao lado do telefone ou na frente do computador, estamos esperando o retorno de quem, na verdade, nunca veio.

bjs

2:34 AM  
Blogger Pantera escreveu...

Não sei o que é pior... Ficar com a esperança de ele ligar e depois descobrir que ele nunca ligará ou ter a certeza de que ele não vai ligar porque ele não tem o seu número... E você também não tem o dele e nunca mais poderão se ver... Detesto o nunca mais!

7:51 PM  
Anonymous Randall escreveu...

Nossa, fiquei um tempão sem vir aqui, relapso ao extremo... li tudo o que faltava, thanx por me ajudar a passar esse sabadão de modorra!

9:09 PM  
Blogger André escreveu...

o ser humano funciona ao contrário. demonstra o q nao quer, nao faz o q deveria fazer...sempre assim.

11:00 AM  

Postar um comentário

<< Home